James Derulo's

Portfolio

O constrangimento da condição proletária

3 comments
Só uma coisa a dizer, o trabalho "indignifica" o homem.
Sinto vergonha.
Anarco Peteca deu essa dica finíssima.

"Trata-se de um absurdo: a sociedade, nunca como agora, que o trabalho se tornou supérfluo, se apresentou tanto como uma sociedade organizada em torno do trabalho. Precisamente no momento em que está a morrer, o trabalho revela-se uma potência totalitária que não tolera nenhum outro deus junto de si. Dentro da vida psíquica, dentro dos poros do dia a dia, o trabalho determina o pensamento e os comportamentos. E ninguém poupa despesas para prolongar artificialmente a vida desse ídolo, o trabalho."
do livro Manifesto Contra o Trabalho do Grupo Krisis - editora Conrad.

e-book gratuito em português no link http://planeta.clix.pt/obeco/
em alemão para cabeções de plantão http://www.krisis.org

3 comentários:

braziliano disse...

ja leu caos,terrorismo poético e outros crimes exemplares ? tambem foi lançado pela conrad abraço

brazilino disse...

vc ja deve ter lido "caos ,terrorismo poético e outros crimes exemplares" tamben lançado pela conrad

jaquelice disse...

Tentando saciar a revolta. Pois é, o anarco Marcelo Peteca me indicou esse livro tbém... estou a procura.